Letra de

A Casa da Mãe da Gente

Alcione

Já viajei pra bem longe daqui
O meu apê é de frente pro mar
Todos lugares bonitos que vi
Não se comparam com aquele lugar
Eu falo com conhecimento
Pois nesse assunto sou experiente
O melhor lugar do mundo
É a casa da mãe da gente

Tô na rua de bobeira abro a carteira
Não tem um tostão pra almoçar
Chego lá na casa dela, mexo na panela
Ela põe o feijão pra esquentar
Quando almoço vou logo pro quarto
A mão vai direto no ventilador
Ela liga o ar condicionado
Meu filho coitado tá muito calor

Já viajei…

Quando acordo vou pro telefone
Arranjar carona pra noite ir pra roda sambar
Ela olha mas não dá mancada
Será que esse cara tá ligando pra celular
Chega a tarde já é hora do lanche
Vem refrigerante, cucuz e manjar
Ela diz que são quase seis horas
Que eu só vou embora depois do jantar

Já viajei…

E a janta é uma sopa quente
Ela de repente vem me aconselhar
Tá ventando fecha essa janela,
Calça uma chinela não vai resfriar
Já é hora troco a minha roupa
Mas deixo uma trouxa pra ela lavar
Ela diz que menino abusado
Mas briga um bocado se alguém concordar

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música A Casa da Mãe da Gente de Alcione assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.