Letra de

A Flor da Pele

Alcione

Não sei quando ou como começou
Só sei que me alucina
Me perdi do fio condutor
Do amor que me domina
E você me usa a seu favor
Igual mulher de esquina
E me leva embora, traidor
Assim que se termina

Mas se você quer
Eu logo vou
Sabendo da rotina
Despencamos sobre o cobertor
Devasso e libertina
Me diz coisas feias e de amor
A luz da lamparina
Me devoro corpo sedutor
Igual fera assassina

E você me arrasta nessa dor
Que aos poucos me arruína
Ando já com meus nervos a flor da pele já morfina
Tenho olheiras fundas e pavor de álcool e nicotina
Minhas noites durmo com pavor
A base de aspirina

Sei que estou secando ao seu dispor
Sei que estou ficando sem valor
Sei que você vai sumir
Eu vou, vou cumprir minha sina

Aaaaaaaaa
Vou cumprir minha sina (2x)

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música A Flor da Pele de Alcione assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.