Letra de

Duas Faces

Alcione

Deus me fez assim
Com duas faces
Uma da noite outra do dia
E minhas faces se amam
Como se fossem rainhas
Uma reza pra você ter um bom dia
E quando a noite vem
A minha outra face
Satisfaz tua fantasia

Posso ser santa
Quando eu faço o pão
Pra sua comida
Com a mesma santidade
Eu te acerto a mão
Quando a gente briga
A natureza
Deu a luz ao escorpião
E ao profeta
A noite do ladrão
É a mesma noite do poeta

Você tem que me aturar
Tem sim
Voce tem que me entender
Posso até te aborrecer
Mas no entanto te dou com prazer
Faço teu corpo se sentir feliz

Você tem que me aturar
Tem sim
Voce tem que me entender
Posso até te aborrecer
Mas no entanto te dou com prazer
Faço teu corpo se sentir feliz

Posso ser santa
Quando eu faço o pão
Pra sua comida
Com a mesma santidade
Eu te acerto a mão
Quando a gente briga
A natureza
Deu a luz ao escorpião
E ao profeta
A noite do ladrão
É a mesma noite do poeta

Você tem que me aturar
Tem sim
Voce tem que me entender
Posso até te aborrecer
Mas no entanto te dou com prazer
Faço teu corpo se sentir feliz

Você tem que me aturar
Tem sim
Voce tem que me entender
Posso até te aborrecer
Mas no entanto te dou com prazer
Faço teu corpo se sentir feliz

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música Duas Faces de Alcione assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.