Letra de

Feira de Mangaio

Alcione

Fumo de rolo, arreio de cangalha
Eu tenho pra vender, quem quer comprar
Bolo de milho, broa e cocada
Eu tenho pra vender, quem quer comprar
Pé de moleque, alecrim, canela
Moleque sai daqui me deixa trabalhar
E Zé saiu correndo pra feira dos pássaros
E foi pássaro voando pra todo lugar
Tinha uma vendinha no canto da rua, onde o mangaieiro
ia se animar
Tomar uma bicada com lambú assado, e olhar pra Maria
do Joá
Tinha uma vendinha no canto da rua, onde o mangaieiro
ia se animar
Tomar uma bicada com lambú assado, e olhar pra Maria
do Joá
Cabresto de cavalo e rabichola
Eu tenho pra vender, quem quer comprar
Farinha, rapadura e graviola
Eu tenho pra vender, quem quer comprar
Pavio de candeeiro, panela de barro
Menino vou me embora, tenho que voltar
Xaxar o meu roçado que nem boi de carro
Alpargata de arrasto não quer me levar
Porque tem um Sanfoneiro no canto da rua, fazendo
floreio pra gente dançar
Tem Zefa de Purcina fazendo renda, e o ronco do fole
sem parar
Porque tem um Sanfoneiro no canto da rua, fazendo
floreio pra gente dançar
Tem Zefa de Purcina fazendo renda, e o ronco do fole
sem parar

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música Feira de Mangaio de Alcione assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.