Letra de

Recusa

Alcione

Você me procura na hora do almoço
Me agarra, me cheira, me deixa à vontade
Me traga, me afaga, me aperta o pescoço
Depois me abandona na dona saudade
Me irrita, me agita, me diz pra esperar
Que a hora do lanche não tarda a chegar
Eu me desespero por esta recusa
Me sinto uma intrusa, mas fico a esperar
Quando o telefone me chama, eu atendo
É você dizendo que não vem lanchar
Que tem compromisso com isso e aquilo
Me pede tranqüilo pra eu me
guardar pro jantar
Aí, é hora de sofrer
Lutar pra não morrer
De morte tão vulgar
Amor, cuidado com o desdém
Pois quem tem um não tem
Nenhum pra consolar

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música Recusa de Alcione assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.