Letra de

Barraqueira

Alexandre Pires

Inventar desculpinha com ela não rola
E se eu pedalar, ela entra de sola
A minha mina é periculosidade quando bola

Ela leva a sério um relacionamento
Seu ciúme doentio não tem fundamento
Ela surta, ela pira a qualquer momento

Quando eu levo a minha mina pra badalação
Na frente dos outros ela me dá um beijão
Pra deixar bem claro ainda grita
Quem manda sou eu!

E se uma amiga vem pra me cumprimentar
Ela fecha a cara e eu começo a rezar
Grita piriguete fica louca pra brigar
Assim não dá

Barraqueira
Só Deus sabe o quanto eu te amo
Só Deus sabe o quanto eu te quero
Só Deus sabe o quanto eu te tolero

Barraqueira
Só Deus sabe o quanto eu te amo
Só Deus sabe o quanto eu te quero
Só Deus sabe o quanto eu te tolero

Inventar desculpinha com ela não rola
E se eu pedalar, ela entra de sola
A minha mina é periculosidade quando bola

Ela leva a sério um relacionamento
Seu ciúme doentio não tem fundamento
Ela surta, ela pira a qualquer momento

Quando eu levo a minha mina pra badalação
Na frente dos outros ela me dá um beijão
Pra deixar bem claro ainda grita
Quem manda sou eu!

E se uma amiga vem pra me cumprimentar
Ela fecha a cara e eu começo a rezar
Grita piriguete fica louca pra brigar
Assim não dá

Barraqueira
Só Deus sabe o quanto eu te amo
Só Deus sabe o quanto eu te quero
Só Deus sabe o quanto eu te tolero

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música Barraqueira de Alexandre Pires assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.