Letra de

Neguinho Danado

Alexandre Pires

Tudo começou lá nas bandas de Minas Gerais
Veja que garoto iluminado do que foi capaz
Na barriga da mama, já bailava no palco
E nasceu em janeiro, no triângulo mineiro
Enquanto mãe cantava, papai acompanhava
Até de madrugada, ele nunca chorava
Enquanto o som rolava, ele lá no meio daquela zoeira
E só reclamava quando era hora de tomar mamadeira
E assim ele cresceu e hoje é parte de uma raça brasileira
Cantando pelo mundo inteiro levantando a nossa bandeira
Neguinho danado! Na ponta do pé ele sempre sambou
Atualizado! Se mudar o ritmo ele dá o show
Não dorme no ponto! O trem passou ele pegou
Ele tem a música na veia que herdou dos seus pais
Olha que garoto estudioso responsável demais
Acordava bem cedo, a Deus agradecia
E a Nossa Senhora, sua Mãe Abadia
Ele foi carpinteiro, e também jornaleiro “E na lavanderia!”
Engraxava sapato, um bico de pedreiro
E quando pegava no cavaco não era de brincadeira
O Brasil cantou se apaixonou
Fez o nosso se realizar
Quem já não ouviu uma canção de amor
Do Só Pra Contrariar, Só Pra Contrariar!!
Com muitas feras ele já cantou
Dentre elas Fabio Jr, Leonardo, Jamelão
Ben Jor, a marrom Alcione, Caetano Veloso que figura!
E o Gilberto Gil, nosso ministro da cultura
Quanta emoção com o Rei Roberto Carlos dividiu uma canção
Olha que Legal; até com gente internacional
Rosário, Glória Estefan, Alejandro Sanz
E até fora do Brasil o mineirinho já tem fãs!!!!

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música Neguinho Danado de Alexandre Pires assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.