Letra de

Diante da Cruz

Aline Barros

Ó Deus, me sondas, conheces-me
Mesmo quando falho, eu sei, me amas
Estás presente a me cercar
Em todo tempo, eu sei, me amas
Eu sei, me amas

Prostro-me diante da cruz
Vejo o sangue de Jesus
Nunca houve amor assim
Sobre a morte já venceu
Sua glória o céu encheu
Nada irá me separar

Tu és meu Guia, meu Protetor
Tua mão me firma
Eu sei, me amas
Eu sei, me amas

Prostro-me diante da cruz
Vejo o sangue de Jesus
Nunca houve amor assim
Sobre a morte já venceu
Sua glória o céu encheu
Nada irá me separar

O véu rasgou, o caminho abriu
Tudo consumado está
O véu rasgou, o caminho abriu
Tudo consumado está
E quando tudo, se acabar, estarei seguro
Pois sei, me amas
Pois sei, me amas

Prostro-me diante da cruz
Vejo o sangue de Jesus
Nunca houve amor assim
Sobre a morte já venceu
Sua glória o céu encheu
Nada irá me separar

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música Diante da Cruz de Aline Barros assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.