Letra de

Suave (part Matheus e Kauan)

Alok

Acordei antes das seis num domingo e nem liguei
Eu, chutei o pé da cama e nem por isso eu reclamei

Que debaixo desse céu
Tudo tem sentido, tem razão e tem porquê
Se eu já tenho esse amor
Então não existe nada mais que eu possa querer

Só quero o mundo um pouco mais suave, mais leal
Se for pra ter guerra, então que seja de amor
Mais sorriso de verdade
E mais gente transformando a vida pra melhor

Que debaixo desse céu
Tudo tem sentido, tem razão e tem porquê
Se eu já tenho esse amor
Então não existe nada mais que eu possa querer
Mas existe tanta coisa que eu possa fazer

Só quero o mundo um pouco mais suave, mais leal
Se for pra ter guerra então que seja de amor
Mais sorrisos de verdade
E mais gente transformando a vida pra melhor

Acordei antes das seis num domingo e nem liguei
Eu, chutei o pé da cama e nem por isso eu reclamei

Que debaixo desse céu
Tudo tem sentido, tem razão e tem porquê
Se eu já tenho esse amor
Então não existe nada mais que eu possa querer

Só quero o mundo um pouco mais suave, mais leal
Se for pra ter guerra, então que seja de amor
Mais sorriso de verdade
E mais gente transformando a vida pra melhor

Que debaixo desse céu
Tudo tem sentido, tem razão e tem porquê
Se eu já tenho esse amor
Então não existe nada mais que eu possa querer
Mas existe tanta coisa que eu possa fazer

Só quero o mundo um pouco mais suave, mais leal
Se for pra ter guerra então que seja de amor
Mais sorrisos de verdade
E mais gente transformando a vida pra melhor

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música Suave (part Matheus e Kauan) de Alok assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.