Letra de

Enche o Templo

Anderson Freire

Uzias teve que morrer pra Isaías romper
Alto e sublime ele viu Tua glória
Uzias teve que morrer
No ano em que o velho vai é o tempo que o novo vem
Quero Tua brasa, Senhor
Ai de mim, sei que não sou merecedor

Move as portas da minha história
Com a Tua voz, sou a Tua casa
Me envolva em Tua fumaça
Rasga o céu e vem, quero ir além

Enche o templo de glória
Sou Teu templo agora
Cubro o rosto, cubro os pés
Santo é este lugar
Enche o templo de glória
Sou Teu templo agora
Ergo as mãos, Santo és
Vim Te adorar

Fala, Senhor: “A quem enviarei? E quem há de ir por nós?”
Então responderei: “Envia-me, eis-me aqui, envia-me
Envia-me, eis-me aqui, envia-me
Só quero Tua visão, cego não serei, envia-me”

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música Enche o Templo de Anderson Freire assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.