Letra de

Remédio Sobrenatural

Anderson Freire

Me livra da soberba, do homem homicida
Da blasfêmia, da inveja, da prostituição
Me livra das maldades, da dissolução
Enganos e loucuras perseguem o meu coração.

O mundo está enfermo e eu preciso me cuidar
Mas não é o que entra que vai me contaminar
O perigo mora dentro do meu coração
E quando sai é um veneno pra população
Tua santidade é o antídoto pra mim
Te perder de vista é enxergar meu fim.

Vem me vacinar
Não quero ser contaminado pelo mal
Tu és o meu remédio sobrenatural
Tu és a força em minhas fraquezas
Saber das minhas incertezas
Vem me vacinar
Transfere santidade pro meu coração
Com ela é tiro e queda, o mal fica no chão
E eu prossigo para o meu alvo
A minha lógica é te amar
Te adorar é minha razão.

Dá-me santidade, dá-me santidade…

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música Remédio Sobrenatural de Anderson Freire assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.