Letra de

Tudo é Vaidade

Anderson Freire

De que adianta conquistar o mundo inteiro e perder a salvação?
Quem conduz os sonhos na maior velocidade pode perder a visão
Vou colher os frutos das sementes que plantei
Foram tantas terras que com lágrimas reguei, quero sorrir com Deus
Que seja um rabisco no universo a minha história
Se Deus for o contexto do meu texto, isso é tudo o que importa

A porta é estreita, o gigante da soberba não pode passar
Que eu seja resumido em medidas de humildade pra poder chegar
No topo de tudo o meu tudo é Jesus
Ele é o patrimônio que herdei na Rude Cruz, e se não for assim
Vou juntar tesouros e com eles envelhecer
Pior que a própria morte é no fim dizer: Pra que viver?

Tudo é vaidade, tudo é vaidade
Mas caminhar com Deus é cultivar
Sementes no terreno da eternidade
Tudo é vaidade, tudo é vaidade
O meu patrimônio está no céu
Estou plantando pra colher na eternidade

Não é fama ou dinheiro que satisfaz a alma de alguém, a gente vê
Grandes homens do cenário desse mundo
Morrem envenenados pelo próprio poder
Não há contentamento sem a graça conhecer
E que eu diminua para o Senhor aparecer, Cristo é o meu viver
Anônimos pra Deus é quem não crê na salvação
Quem planta evidência no enganoso coração colhe decepção

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música Tudo é Vaidade de Anderson Freire assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.