Letra de

Rumo Ao Sul

Armandinho

Vou rumo ao sul
Vou rumo ao sul

Quando eu fiquei sozinho
Sem o seu carinho e longe de você
Altas horas madrugadas outra vez na estrada
Sigo rumo ao sul
Quando o céu esta sem lua
Em meio a noite escura
Surgi um brilho no céu
Este sei que é um aviso
Estarei contigo no final do mês

Vou rumo ao sul vem dinheiro
Vou rumo ao sul
Vou rumo ao sul fevereiro
Vou rumo ao sul em abril vou chegar

Quando eu fique sozinho e o meu
Caminho é triste sem você
Altas horas madrugadas outra vez na estrada
Sigo rumo ao sul
Quando o céu esta sem lua
Em meio a noite escura
Surgi um brilho no céu
Este sei que é um aviso
Estarei contigo no final do mês
Fiquei muito tempo distante
Espero pra quando volta
Poder te abraçar
Na madrugada
E no seu colo deitar

Vou rumo ao sul sem dinheiro
Vou rumo au sul
Vou rumo ao sul fevereiro
Vou rumo ao sul em abril vou chegar

Quando eu fique sozinho sem o seu carinho
E longe de você
Altas horas madrugadas outra vez na estrada
Sigo rumo ao sul
Estamos a muito destante
Os dias parecem iguais
Eu vo te abraça na madrugada
E no seu colo deitar

Vou rumo ao sul vem dinheiro
Vou rumo ao sul 2x
Vou rumo ao sul fevereiro
Vou rumo ao sul em abril vou chegar

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música Rumo Ao Sul de Armandinho assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.