Letra de

Gente

Arnaldo Antunes

Gente de terra, parente de fogo, de água, debaixo do céu
No sul sapato engraxado, no norte cabelo penteado com gel
Plástico, pedra, ouro, prata, resina, alumínio, madeira e papel
Para pulseira, colar, broche, piercing, coroa, aliança ou anel
Gente, estranha sim, estranha a mente, estranha a gente, estranha de manhã, de noite, de manhã
Estranha gente, estranha a mente, estranha sente, estranha a gente, estranha
Gente vestida de roupa palavra na boca vestida de voz
Cada pessoa é uma nova exceção mas os outros nos chamam de nós
Gente que pode se dar… bom bom bom, dia, bom,bom dia
Corpo de gente vivente também tem as sua porção mineral
Unha, cabelo, osso, dente, no peito, corrente na sola pedal
Gente, estranha sim, estranha, sente, estranha mente, estranha de manhã, de noite, de manhã
Estranha gente, estranha bem,
estranha quem, estranha a gente, estranha
Corpo no corpo colado no outro, desequilibrado no breu
Cada pessoa é uma outra pessoa mas todos se chamam de eu
gente que pode se dar… bom bom bom, dia, bom, bom dia, bom, bom, bom, dia, bom, bom dia

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música Gente de Arnaldo Antunes assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.