Letra de

Não Me Acabo

Arnaldo Antunes

Eu é que não fumo cigarro porque me faz mal pro pulmão
Mas também não vou viver só de pão pullman
Eu é que não me acabo atrás de qualquer sensação
Mas também não vou acordar cedo toda manhã
Porque eu cuido da minha saúde, eu, eu sempre tive virtudes
Eu não vou me destruir, mas também não deixo de me divertir
O meu exercicio predileto é pensar
Passo muitas horas do dia pensando, só pensando
Às vezes levo o meu corpo para passear
Enquanto ele faz cooper eu fico esperando
Porque eu cuido da minha saúde, eu, eu sempre tive virtudes
Eu não vou me destruir, mas também não deixo de me divertir

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música Não Me Acabo de Arnaldo Antunes assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.