Letra de

No Escuro e Vendo

Arnaldo Antunes

Quando madrugar eu vou estar acordado
Esperto, certo, de olhos abertos, ao seu lado
Eu vou guardar seu sono a noite inteira
Eu vou olhar você
Não vou parar de olhar
A noite inteira serei sua sentinela
Vou atravessar a madrugada

Eu vou deixar a luz apagada
Só olhando pra você
Olhando pra você e vendo só você
No escuro e vendo
No escuro e vendo
No escuro e tendo a noite toda pra te ver
Eu vou fechar a cortina
Eu vou abrir a retina devagar
E quando madrugar eu vou estar acordado
E quando amanhecer eu vou estar ao seu lado
Desperto, vendo seus olhos fechados

Eu vou deixar a luz apagada
Só olhando pra você
Olhando pra você e vendo só você
No escuro e vendo
No escuro e vendo
No escuro e tendo a noite toda pra te ver

Quando madrugar eu vou estar acordado
Esperto, certo, de olhos abertos, ao seu lado
Eu vou guardar seu sono a noite inteira

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música No Escuro e Vendo de Arnaldo Antunes assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.