Letra de

Novelo

Arnaldo Antunes

O macaco se parece com o homem
A macaca parece mulher
Algumas pessoas se parecem
Outras pessoas parecem com outras
Macacas de auditório são meninas
Crianças parecem micos
Os papagaios falam o que pessoas falam
Mas não parecem pessoas
Para os cegos os papagaios parecem pessoas
O homem veio do macaco
Mas antes o macaco veio do cavalo
E o cavalo veio do gato
Então o homem veio do gato
O gato veio do coelho que veio
Do sapo que veio do lagarto
Então o homem veio do gato
O gato veio do coelho que veio
Do sapo que veio do lagarto
Então o homem veio do lagarto
Lagarto veio da borboleta que veio
Do pássaro que veio do peixe
Pessoas se parecem com peixes quando nadam
Pessoas se parecem com peixes quando olham o vazio
Pessoas se parecem com peixes quando ainda não nasceram
Pessoas se parecem com peixes quando fazem bola de chiclete
Macacos desaparecem
Peixes parecem peixes

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música Novelo de Arnaldo Antunes assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.