Letra de

Pecado

Arnaldo Antunes

a morte é certa
a carne é fraca
a vida é curta
o sofrimento inevitável

a carne é certa
a pele é fraca
a roupa é curta
o coração indomável

a pele é pele
a roupa é roupa
o sangue é sangue
e a ânsia insaciável

o corpo humano
é desumano
o corpo amado
é desalmado
tudo
é pecado

a vida é breve
a febre é alta
a alma é uma
e o demônio tão amável

o mundo é grande
a mente é suja
o sangue é quente
e o desejo indisfarçável

o amor é cego
o amor é surdo
o amor é mudo
e a moral abominável

o corpo humano
é desumano
o corpo amado
é desalmado
tudo
é pecado

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música Pecado de Arnaldo Antunes assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.