Letra de

Pra Aquietar

Arnaldo Antunes

O sol vermelho é o clarão do dia
Da ilha longa de paquetá
Domingo santo ou qualquer dia
Pra aquietar, pra aquietar
Os novos velhos tempos de férias
Cinema a atração que sumiu
Machismo, elegância paterna
Pra aquietar, pra aquietar
A noite é a brincadeira do dia
O dia é a brincadeira do mar
O mar é a brincadeira da vida
Pra aquietar, pra aquietar
Não posso pra lá paraguaio pára
Menino de cá faço o tempo parar
Eu posso acalmar qualquer hora posso
Um dia todo posso acalmar
Coral é natural, café da capital
Da ilha longa nova de lá
Coral é natural, café da capital

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música Pra Aquietar de Arnaldo Antunes assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.