Letra de

A Noite

Aviões do Forró

Palavras não bastam não dá pra entender
Esse medo que cresse e não para
É uma historia que se complicou e eu sei bem o porque
Valeu o peso da culpa que eu carrego nos braços
Me entorta as costas e dá um cansaço
A maldade do tempo fez eu me afastar de você

E quando chega a noite eu não consigo dormir
Meu coração acelera e eu sozinha aqui
Eu mudo o lado da cama eu ligo a televisão
Olhos nos olhos no espelho e o telefone na mão

Do tanto que eu te queria e o tempo nunca bastava
E essa proximidade não dava
Me perdi no que era real e no que eu inventei
Escrevi as memorias deixei o cabelo crescer
Me perdi como uma linda historia acontece
Nem a maldade do tempo consegue me afastar de você

Te contei tantos segredos que já não eram só meus
Imagem de um velho diário que nunca me pertenceu
Entre palavras não ditas tantas palavras de amor
Essa paixão é antiga e o tempo nunca passou

E quando chega a noite eu não consigo dormir
Meu coração acelera e eu sozinha aqui
Eu mudo o lado da cama eu ligo a televisão
Olhos nos olhos no espelho e o telefone na mão

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música A Noite de Aviões do Forró assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.