Letra de

Ensina-me

Aviões do Forró

Como dói perceber por tão pouco a hora de terminar
Porque simples naturalmente tudo tem que acabar .

Eu sei que morres por mim, vives por mim
e tudo que eu não sou capaz,
por que sabes que às vezes o que eu sinto é medo
Mas te tenho em mim, vivo em mim
no interior e neste coração tão ferido
Por isso te peço por favor…

(Refrão)

Ensina-me a querer-te um pouco mais,
e a sentir contigo o amor que tu me dás
Pra aquecer o frio, quero te beijar
Ensina-me a querer-te um pouco mais,
e a viver contigo Já não aguento esperar,
Tudo está vazio,
Quero te beijar

basta um olhar pra chegar logo ao final
tenho que reconhecer, que o que eu fiz não me dei mal

Por isso vou aprender, vou te seguir, vou te abraçar bem mais e mais
E não quero, e não devo e não posso errar duas vezes

Por que te tenho em mim, vivo em mim, no interior e neste coração tão ferido por isso te peço por favor

Ensina-me a querer-te um pouco mais
e a sentir com contigo o amor que tu me das pra aquecer o frio
quero te beijar
Ensina-me a querer-te um pouco mais
E a viver contigo já não aguento esperar tudo esta vazio
quero te beijar

(Refrão)

Como dói perceber por tão pouco a hora de terminar
Porque simples, naturalmente tudo tem que acabar.

Ensina-me…

E a sentir contigo…

Pra aquecer o frio,
quero te beijar

Ensina-me a querer-te um pouco mais,
pra viver contigo
já não aguento esperar,
Tudo está vazio,
Quero te beijar…

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música Ensina-me de Aviões do Forró assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.