Letra de

No Duro

Aviões do Forró

Que vozueiro, que saculejo danado, ai, ai, ai, ai
Tô ligado!
Ela me abraça, abraçei ela, meu olho no olho dela
Fui enfeitiçado.

Que vozueiro, que saculejo danado, ai, ai, ai, ai
Tô ligado!
Ela me aperta no escuro, tá querendo casamento,
No duro.

Ela chamega, esfrega no escuro,
No duro, No duro, No duro,
Tá prendendo seguro, tá querendo, tá cedendo,
No duro.

Ela chamega, esfrega no escuro,
No duro, No duro, No duro,
Tá prendendo seguro, tá querendo, tá cedendo…

Que vozueiro, que saculejo danado, ai, ai, ai, ai
Tô ligado!
Ela me abraça, abraçei ela, meu olho no olho dela
Fui enfeitiçado.

Que vozueiro, que saculejo danado, ai, ai, ai, ai
Tô ligado!
Ela me aperta no escuro, tá querendo casamento,
No duro.

Ela chamega, esfrega no escuro,
No duro, No duro, No duro,
Tá prendendo seguro, tá querendo, tá cedendo,
No duro.

Ela chamega, esfrega no escuro,
No duro, No duro, No duro,
Tá prendendo seguro, tá querendo, tá cedendo…

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música No Duro de Aviões do Forró assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.