Letra de

Cavaleiro Metal

CPM 22

É o destaque do mês
É o grande maestro
É a bola da vez
O cara que comanda a orquestra

É o maioral
Se acha o legal
O mais fudido também

Sua falsa modéstia
É o seu único bem
Tentou acabar com a nossa festa

O Cavaleiro Metal
Não vê que o seu mal
É não gostar de ninguém

Trancado no quarto
Pagando pra ver
Sua vida é uma tragicomédia

Alienado
Condenado a perder
Nunca gostou de ninguém

Trancado no quarto
Esperando o quê?
Jogou sua vida pela janela

Cuspiu no prato
O seu auto-retrato
Perdedor, zé-ninguém

Foi acostumado a ter sempre alguém
Passando a mão na sua cabeça
Cresceu mimado, um pobre coitado
Igual playboy de TV

Vivendo no ócio
Rezando pra ter
Mais uma chance
Mais uma brecha

O sonho metal
O seu grande mal
Não dá valor pra ninguém

Trancado no quarto
Pagando pra ver
Sua vida é uma tragicomédia

Alienado
Condenado a perder
Nunca gostou de ninguém

Trancado no quarto
Esperando o quê?
Jogou sua vida pela janela

Cuspiu no prato
O seu auto-retrato
Perdedor, zé-ninguém
Nunca gostou de ninguém

Papo-furado, nada confiável, lamentável, o que mais posso dizer?

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música Cavaleiro Metal de CPM 22 assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.