Letra de

Adorai-Adonai

Fernanda Brum

Meus pés pisaram Seol
Minha mente morreu
Angústia me dominou
Já não sou nem mais eu
Meus olhos buscam teu rosto
Onde está o meu Deus
Que ungiu a minha cabeça
Me chamou “filho meu”

Estou no ventre do peixe
O terror me engoliu
No mais profundo dos mares
Tua mão me cobriu
Por mais que eu fuja de tudo
Tu me alcançarás
A tua unção não me deixa
Não me deixa nunca

Adorai
Eu digo à minha alma, eu grito
Aba pai que quebra minhas correntes, clamo
Adonai, adonai tu és meu dono

Estou no ventre do peixe
O terror me engoliu
No mais profundo dos mares
Tua mão me cobriu
Por mais que eu fuja de tudo
Tu me alcançarás
A tua unção não me deixa
Não me deixa nunca

Adorai
Eu digo à minha alma, eu clamo
Aba pai que quebra minhas correntes, clamo
Adonai, adonai tu és meu dono

Adorai
Eu digo à minha alma, eu clamo
Aba pai que quebra minhas correntes, clamo
Adonai, adonai tu és meu dono

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música Adorai-Adonai de Fernanda Brum assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.