Letra de

Entre Os Ateus

Gilberto Gil

Jogo batalha naval
Também brinco o carnaval
Rezo, medito, me irrito
Dou grito por dentro
Esperando por deus
Não tenho muito de bom
Tampouco muito de mal
Não acredito em crenças
Não temo doenças
E vivo contente entre os ateus

Penso que tudo dá nada
E que nada dá tudo que a gente quiser
E se alma não é pequena vai saber
Que vale a pena viver
Pena e mais pena
O tribunal condena
Julgando ensinar a lição
Eu só me condeno a mim
Quando me esqueço o perdão

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música Entre Os Ateus de Gilberto Gil assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.