Letra de

Sorte É Ter Você

João Bosco e Vinícius

Eu venho de sonhos vividos
Amores fracassados de ilusões perdidas
Passos caminhados de um deserto
Que eu tento me esconder

Andei por toda a cidade, coração quebrado
Sem querer eu sempre quis alguém do lado
E o destino veio e me trouxe você

E o meu coração, partido em ruínas
Se reconstruiu no seu olhar, menina
Eu quero te querer

De tantas Renatas, Flávias e Karinas
Conheci mil Anas, muitas Carolinas
Mas sorte é ter você

Amor, se me chamar, se me quiser, eu vou
Pra ser o seu anjo da noite
E todo dia te acordar com flores

Amor, se me chamar, se me quiser, eu vou
Pra ser o seu anjo da noite
E todo dia te acordar com flores

E o meu coração, partido em ruínas
Se reconstruiu no seu olhar, menina
Eu quero te querer

De tantas Renatas, Flávias e Karinas
Conheci mil Anas, muitas Carolinas
Mas sorte é ter você

Amor, se me chamar, se me quiser, eu vou
Pra ser o seu anjo da noite
E todo dia te acordar com flores

Amor, se me chamar, se me quiser, eu vou
Pra ser o seu anjo da noite
E todo dia te acordar com flores

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música Sorte É Ter Você de João Bosco e Vinícius assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.