Letra de

Meu Pai é Rastafari

Maneva

Depois de três meses que minha mãe acabara de falecer
Recebi uma carta de quem eu pensei que nunca mais iria aparecer
Quando li tinha palavras amargas
Podia sentir o papel ainda molhado de lágrimas ou coisa assim
A carta dizia assim:

“Cansei de São Paulo
Resolvi mudar de estado,
Pra poder espairecer
Deixei meu cabelo crescer,
A minha barba por fazer
Não sabia se ia engordar
Ou se ia emagrecer
Até que pensei,
Como um cara da minha idade
Tive você com dezesseis,
Precisava de mais liberdade
Subi num caminhão e sem direção
Como um covarde
Eu cheguei no Maranhão
Aqui estava mais confiante e feliz
Com vários amigos,
Fazendo um reggae raiz
Mandei essa carta
Pra você não se espantar
Aqui está meu endereço,
Venha me visitar”

Fui visitá-lo
E ele estava bem mudado
De cabelo rastafari,
Enrolando um baseado
Foi aí que eu percebi
Que ele estava mais lesado
Com idéias rebeldes,
Com o olho avermelhado
Perguntei por que tinha isso na mão
Se quando eu usava
Me diziam que não era bom
E respondeu, humildemente
“Faça sua cabeça
E se sente com a gente”

Meu pai é Rastafar-I
Meu pai é Rastafar-I
Meu pai é Rastafar-I
Meu pai é Rastafar-I

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música Meu Pai é Rastafari de Maneva assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.