Letra de

Tempo de Paz

Maneva

Cultivei no espírito os princípios da paz,
Minha consciência limpa sempre valeu mais,
Ainda jovem e sozinho puder perceber,
As pessoas sempre serão o que elas querem ser,
A imposição das suas vontades não agrega valor,
Todas conquistas devem ser erguidas pelo amor,
Todas conquistas pelo medo não nos dão sabor,
Como castelos de areia são frágeis e sem cor.

Fico a pensar no tempo da inocência nossa essência era
brincar,
Uma lembrança, o vento que me permite sonhar,
Que um dia esse tempo de alegria irá voltar,
Já sei lidar,
Com a saudade que pra todo sempre irá ficar,
Nunca me diga que eu não poderei me resgatar,
Renovo sempre a minha capacidade para amar,
Só desse jeito sei que eu irei continuar.

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música Tempo de Paz de Maneva assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.