Letra de

SHA. LU. NA.

Tribo da Periferia

Ei parceria aqui
Só procurando um motivo pra não dormir
O conveniência alí já vai abrir
E por enquanto, é o que ta tendo por aí
Então vamos descer pra Sha.Lu.Na.
Que acabou a água de coco
“Barzim” fechou e ainda tô de cara cabuloso
É só loucura mas não sinta pena de louco
Sei de onde eu sou, e o valor das paredes sem reboco
Só vou pra casa as dez
Hoje é meu dia, eu tirei a noite pra viver pra mim
Só vou pra casa as dez
Hoje é minha noite, eu tirei meu dia pra viver

Tô chegando, vim pelo posto mais cedo
Tava cheio
Daquele jeito
Insano tipo o nosso recreio
É clandestina na CEB você sabe que hoje é quinta
Lá no Ipiranga truvou massacre dos cara preta foi zica
Ó quebradinha do céu de neon
Onde as bike colore a avenida as naves rolam o som
E assim surge uma social na esquina
Evidência o lado bom celebre a disciplina
E foda-se hoje é nós que faz o clima
São quatro horas daqui a pouco é dia
Mais só trabalho na terça e na quinta
Na principal quem comanda é nós
Nono
Que é pra provar que esses becos tem voz
Estou só pra hoje, morrer só depois fí
Prepara esse clima que eu tô descendo de bonde
Sha.Lu.Na. de noite, Sha.Lu.Na. de dia
Sha.Lu.Na. não dorme, não dorme não

Então vamos descer pra Sha.Lu.Na.
Que acabou a água de coco
“Barzim” fechou e ainda tô de cara cabuloso
É só loucura mas não sinta pena de louco
Sei de onde eu sou, e o valor das paredes sem reboco
Só vou pra casa as dez
Hoje é meu dia, eu tirei a noite pra viver pra mim
Só vou pra casa as dez
Hoje é minha noite, eu tirei meu dia pra viver

Só bora bora
Espanta essa neurose, esquece a Netflix
Só não me censura que eu mandei um feliz
Perdi o sono, cachorro sem dono
No carro tem dois combos e amanhã uma noite virado
A quebrada tá sem fluxo hoje
E já são tantas horas da noite
E eu nem lembro, quem foi que me trouxe
Só sei que cheguei pow
Olá Sha.Lu.Na.
Um brinde a madrugada a rebeldia pulsando
Mas tô na paz da Chapada
Olha a Sha.Lu.Na.
Iluminando a quebrada como o sorriso das minas que olha e não diz nada
Mais uma noite floresceu
Pra quem acorda, um bom dia
Seremos abençoados por esse céu de Brasília
Somos três cegos na rua, mas Jesus é quem guia
Se for descer pra Sha.Lu.Na.

Então vamos descer pra Sha.Lu.Na.
Que acabou a água de coco
“Barzim” fechou e ainda tô de cara cabuloso
É só loucura mas não sinta pena de louco
Sei de onde eu sou, e o valor das paredes sem reboco
Só vou pra casa as dez
Hoje é meu dia, eu tirei a noite pra viver pra mim
Só vou pra casa as dez
Hoje é minha noite, eu tirei meu dia pra viver

Chega mais fí
Esse é nosso bom lugar
E melhor pode ficar, altos aqui já dormiu
Mais vale a pena acordar e chamar Bob
Próspera o dia seguinte depois das doze
Se vai dar certo não sei
Não vou cansar de tentar
Acabou o gelo também, mais vou tentar charlatã
Tô na Sha.Lu.Na. e tô bem
Sempre tem um pra salvar
Aumenta o som e pula nesse trem
Vem pra cá!
Tá precisando de motivo “tamo” aqui viu
Só fechando parceria prosseguir viu
Contribuindo pra essas minas não dormir aqui
Não tem pena de louco, não tem pena de louco
Pega o contato da Bia, pra passar lá na tia
Ver se tem umas bebidas, pra trazer mais amiga
Vamos brindar essa quinta no nosso e quebradinha
Gosto mais dessa vida principalmente quando vira

Então vamos descer pra Sha.Lu.Na.
Que acabou a água de coco
“Barzim” fechou e ainda tô de cara cabuloso
É só loucura mas não sinta pena de louco
Sei de onde eu sou, e o valor das paredes sem reboco
Só vou pra casa as dez
Hoje é meu dia, eu tirei a noite pra viver pra mim
Só vou pra casa as dez
Hoje é minha noite, eu tirei meu dia pra viver

Por favor preencha todos os campos.






Comentários

A música SHA. LU. NA. de Tribo da Periferia assim como todas as outras encontradas aqui no Letraz, são de propriedade de seus respectivos autores e são divulgadas somente para fins educacionais, sendo vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98). All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.

© 2017 CONTTEUDO MEDIA GROUP, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.